Agora sobre o número de feriados

Do comentário de Alvaro Gomes Martins:

É urgente que lance primeiro um com as questôes para desempatar:
“Acha deve haver um corte de :
– 3 feriados;
– 4 feriados; ou
– de 3 a 4 feriados”

Na votação anterior, estava assumido que seriam eliminados dois feriados civis, dado o anúncio de hoje do Ministro da Economia, e a discussão estava-se a limitar a essa escolha. O serem três ou quatro feriados neste caso seria acomodado por mais ou menos feriados religiosos a serem eliminados.

De qualquer modo, dado o pedido feito, aqui feita para votação a proposta feita por Alvaro Gomes Martins (gostamos de tratar bem os nossos visitantes):

e a devida justificação, directamente do comentário:

Tem o meu amigo noção de que na Concertação Social o Governo os Parceiros que acordaram, chegaram a acordo para «reduzir em três a quatro o número de feriados obrigatórios»? Não lhe parece que a latitude da medida é elucidativa… da demência que está atravessar estas almas? (Um desvio de 25%, é assim uma espécie de mais ou menos, tanto faz, que isto não é bem para ser rigoroso … é mais para dizer que se fez do que estar ciente do que se faz…)
Penso que Survey que lançou no outro post está errado.
É urgente que lance primeiro um com as questôes para desempatar:

Anúncios

Sobre Pedro Pita Barros

Professor de Economia da Universidade Nova de Lisboa
Esta entrada foi publicada em Debate político, Feriados. ligação permanente.

Uma resposta a Agora sobre o número de feriados

  1. Alvaro Gomes Martins diz:

    Caro Pedro Pita Barros,
    Sensbiliza-me com a honra que concede ao meu comentário. Mas já agora sugiro que publique o fundamento que invoco, se não os seus leitores pensam que o maluco sou eu…
    Grato
    Cpts
    alv

Os comentários estão fechados.